4 dias mágicos em Foz do Iguaçu!

Foz do Iguaçu, no Paraná, é definitivamente um dos meus destinos favoritos no Brasil! Aproveita este roteiro, com o que fazer em 4 dias em Foz do Iguaçu e curte ao máximo esse lugar mágico, que alia uma beleza natural única a diversas outras atrações turísticas.

Deslocamento e passeios

Para quem quer comodidade, conforto e, ainda, economizar a fortuna que gastaria em táxis, recomendo que faça os passeios em Foz do Iguaçu com a ajuda da Falls Vision! Logo na chegada ao aeroporto de Foz do Iguaçu, passamos na agência e contamos com a ajuda e simpatia deles para planejar todos os passeios!

A empresa faz transfers aeroporto-hotel-aeroporto e também transporta os visitantes entre os hotéis e os passeios, especialmente as cataratas brasileiras e argentinas, o Parque das Aves e a usina de Itaipu. O transporte é feito em uma van muito confortável e refrigerada, com motoristas e guias ótimos: nota 10 para o serviço!

Onde ficar hospedado em Foz do Iguaçu

Em Foz, fiquei hospedada no Continental Inn e tive o privilégio de experimentar o novo conceito que a Rede Soul implementará em seus hotéis em breve, e só tenho elogios a dar! Com verdadeiros anfitriões, a rede oferecerá um atendimento totalmente especial ao cliente, criando uma relação de proximidade e tornando a experiência do hóspede ainda melhor. Muito além de um excelente mix de cama, banho, café da manhã e jantar, O Continental Inn traz a qualidade a todo o seu atendimento e estrutura!

Mesquita Omar Ibn Al-Khattab

Eu não perco uma oportunidade de ter contato com outras culturas, porque acredito que o conhecimento nos ilumina e aumenta a nossa compreensão e respeito por tudo aquilo que, normalmente, vemos como “diferente”. Neste mundo em que o terrorismo tem sido tão frequentemente associado ao islamismo, eu venho aqui lembrá-los que o terrorismo é culpa do extremismo, e não da religião islã em si.

Em Foz do Iguaçu, pela segunda vez na vida, eu visitei uma mesquita e escutei as belas palavras de uma senhora muçulmana, explicando que ISLÃ significa PAZ e que só pode ser considerado muçulmano aquele que pratica o bem e que ama ao próximo como a si mesmo. Independentemente da crença, esta deveria ser a essência de qualquer ser humano: amor, respeito e paz acima de tudo!

Templo Budista Chen Tien

Além da mesquita, outro tempo religioso muito interessante e que me foi muito recomendado foi o Templo Budista Chen Tien, localizado em uma região mais alta da cidade. Infelizmente me faltou tempo para conhecer este templo, então me conta se tu fores lá!

Churrascaria Show Rafain

A Rafain Churrascaria Show tornou-se uma atração em Foz do Iguaçu: ouvi tantas recomendações que na última noite fui lá jantar!🍽 Muito além da comida (que é deliciosa), o destaque da churrascaria vai para o espetáculo de danças típicas de 8 países latinos! O show já entrou até no Guinness World Records, por ter o maior número de danças nacionais representadas em um teatro de jantar!💃🕺

O show ocorre de segunda a sábado às 20:40, mas é preciso reservar mesa e chegar cedinho (entre 19:30 e 20h), para já aproveitar o buffet antes do espetáculo. Olha essas fotos!

View this post on Instagram

A churrascaria show Rafain tornou-se uma atração em Foz do Iguaçu: ouvi tantas recomendações que na última noite fui lá jantar!🍽 Muito além da comida (que é deliciosa), o destaque da churrascaria vai para o espetáculo de danças típicas de 8 países latinos! O show já entrou até no Guinness World Records, por ter o maior número de danças nacionais representadas em um teatro de jantar!💃🕺 O show ocorre de segunda a sábado às 20:40, mas é preciso reservar mesa e chegar cedinho (entre 19:30 e 20h), para já aproveitar o buffet antes do espetáculo. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 🇺🇸 The steakhouse @rafainchurrascariashow became an attraction in Foz do Iguaçu: I heard so many recommendations that in my last night in the city I went there for dinner!🍽 Beyond the meal (which was delicious), the steakhouse's highlight is the dance show, that includes traditional styles of 8 Latin countries! The show has already entered into Guinness World Records, for having the most national dances represented in a dinner theater! 💃🕺 The show happens from Monday to Saturday at 8.40 pm, but you must reserve a table and arrive early (between 7.30pm and 8pm), so you can enjoy the buffet before the show starts. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ #AmandaSemFronteirasBrasil #rafainchurrascariashow #visitbrasil #brasil #fozdoiguacu #mtur #guinness #danceshow #travel #dicasdeviagem #viajenaviagem #travellingthroughtheworld #wanderlust

A post shared by 🌍 Viagem | Viver em Portugal (@amandasemfronteiras) on

Cataratas do Iguaçu – Brasil

Localizadas no Parque Nacional do Iguaçu, na fronteira entre Brasil e Argentina, as Cataratas do Iguaçu são o principal motivo que leva os turistas à cidade. Em uma caminhada leve, de aproximadamente 2 horas, encanta-te com a vista panorâmica deste cartão postal (mas não te esqueças de levar uma capa de chuva!).

Visita o site oficial para mais informações sobre horário e valor do bilhete.

Cataratas del Iguazu – Argentina

Exatamente como o pessoal da Falls Vision nos disse, conhecer as cataratas brasileiras é como VER um lindo cartão postal, mas visitar as cataratas argentinas é ANDAR pelo cartão postal e verdadeiramente sentir a imensidão do lugar! O passeio pelo lado argentino é muito mais próximo à natureza, andando em trilhos estruturados pela mata e por cima das cataratas. São duas experiências incríveis e diferentes, por isso, para quem tiver tempo, estiver preparado para alguns quilômetros de caminhada e algum tempo de espera em filas, eu recomendo ambas!

Ali, fizemos também um passeio com a Macuco Safari: primeiro, em um jeep aberto pela floresta, em que poderíamos observar espécies de aves e animais (se tivéssemos sorte, mas eu só vi aranhas enormes). Depois, fizemos um passeio de barco até a garganta das cataratas argentinas, passando também pelo lado brasileiro, e levando alguns litros de água para casa (tudo com muita prudência, colete salva-vidas e uma bolsa especial para salvar os nossos pertences do banho de cataratas!).

Dica importante: recomendo que façam o passeio de barco quando visitarem o lado argentino, porque se forem pelo lado brasileiro, os barcos não têm permissão de ir até a garganta das cataratas argentinas.

Visita o site oficial para mais informações sobre horário e valor do bilhete. Dica super importante: é preciso pagar em pesos argentinos (ou cartão de crédito, mas lá há um banco onde podem converter ou sacar pesos argentinos a partir do cartão brasileiro)!

View this post on Instagram

Ainda bem que eu sempre esqueço que tenho medo de barquinhos: assim eu consigo a coragem suficiente para fazer passeios lindos, como o que eu fiz nas Cataratas do Iguaçu! No parque das cataratas argentinas, embarcamos em um jeep aberto e passeamos pela floresta, onde seria possível avistar animais, se tivéssemos sorte (no meu caso, só vi aranhas e mais aranhas). Depois, entramos no barco e passeamos pelas quedas d'água. Primeiro, o barco se aproximou e fez uma pausa para fotos. Depois, ele se aproximou maaais ainda, até sairmos de lá levando alguns litros das cataratas pra casa! 😅 Tudo com muita prudência, colete salva-vidas e uma bolsa especial para salvar os nossos pertences do banho de cataratas! Muuuito legal! Obrigada @fallsvision pela recomendação! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 🇺🇸 Thankfully, I always forget that I'm afraid of little boats: so I can be brave enough to go on beautiful tours, like the one I went on the Iguassu Falls! In the Argentinean side of the falls, we jumped on an open jeep and drove through the jungle, where we could have seen animals if we got lucky (in that case, I only saw spiders and more spiders). Then we got into the boat and went towards the waterfalls. First, the boat approached the falls, so we could take photos. Then we got closer and closer, until we got out of there taking a few gallons of the falls home! 😅 All of this with great care, a life jacket and a special bag to save our belongings from the falls bath! Soooo cool! Thanks @fallsvision for the recommendation! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ #AmandaSemFronteirasArgentina #visitargentina #argentina #puertoiguazu #cataratas #cataratasargentinas #falls #iguazufalls #travelblog #dicasdeviagem #travelgram #viajenaviagem #tourpelomundo #brasileirosporai

A post shared by 🌍 Viagem | Viver em Portugal (@amandasemfronteiras) on

Parque das Aves

O Parque das Aves, um Centro de Conservação Integrada de Aves da Mata Atlântica, é uma das atrações imperdíveis para todas as idades em Foz do Iguaçu! Neste parque, os visitantes têm contato direto, através de diversos viveiros de imersão, com mais 120 espécies de aves, répteis e borboletas. Aliás, vocês viram o vídeo em que eu quase perdi a minha cabeça para um arara? 😀 Olha lá nos destaques “Foz do Iguaçu”, no Instagram, que o vídeo tá demais!

Visita o site oficial para mais informações sobre horário e valor do bilhete.

Marco das Três Fronteiras

O Marco das Três Fronteiras é um monumento que simboliza a tríplice-fronteira: Foz do Iguaçu (Brasil), Ciudad del Este (Paraguai) e Puerto Iguazú (Argentina), todas separadas pelo Rio Iguaçu. O horário mais recomendado para uma visita é ao fim do dia, para assistir ao pôr-do-sol, às apresentações artísticas dos três países e jantar em um dos seus restaurantes.

Vou confessar que acabou faltando tempo para prestigiarmos esta atração, mas já vi diversas fotos do lugar e parece que vale a pena considerá-lo no teu roteiro!

Visita o site oficial para mais informações sobre horário e valor do bilhete.

Usina Hidrelétrica de Itaipu Binacional

Itaipu é a maior usina hidrelétrica em produção do mundo, construída em parceria entre Brasil e Paraguai, e oferece diferentes modalidades de visita ao público. Ao iniciar a visita, assistimos a um breve filme de introdução, que conta a história da usina, seu funcionamento e apresenta o refúgio biológico, criado para a preservação da fauna e da flora atingidas pela construção da usina. As opções de visita são:

  • visita panorâmica guiada, com duração de aproximadamente 2 horas, em ônibus turístico com parada para observação e fotos nos principais pontos, a um preço razoável;
  • visita especial ao seu interior, para conhecer o funcionamento da usina em maior profundidade (visita mais particular e com um preço mais salgado);
  • passeio de catamarã pela represa.

Visita o site oficial para mais informações sobre horário e valor do bilhete.

Ciudad del Este

Estando em Foz, não perca a oportunidade de dar um pulinho e visitar também os vizinhos Puerto Iguazu (Argentina) e Ciudad del Este (Paraguai)!

Recebi muitas recomendações sobre ir a um cassino, assistir a uma apresentação de tango e jantar parrilla em Puerto Iguazu, mas acabamos desistindo, por causa do preço do táxi! Infelizmente, o Uber não é autorizado a cruzar a fronteira, então fiquei com a sensação que os táxis abusam um pouco (já não me lembro o valor, mas era caro o suficiente para decidirmos que não valia a pena).

Já a Ciudad del Este, ganhou um dia de visita! Aqui vai a primeira dica, que recebi de uma moradora local: atravessem a fronteira para o Paraguai de ônibus, porque os turistas tornam-se alvos dos assaltantes na ponte, já que a grande maioria leva dinheiro para compras! O ônibus passa pelas principais ruas de Foz do Iguaçu e a passagem custou R$ 6,50 por pessoa, podendo ser paga em reais ou em pesos paraguaios (março/2019). Depois de atravessar a fronteira, é hora de se preparar para uma cidade MUITO turbulenta, passear pelas incontáveis lojas de eletrônicos, roupas, cosméticos e etc, e aproveitar para fazer um city tour!

View this post on Instagram

Se for a Foz do Iguaçu, não perca a oportunidade de dar um pulinho nos vizinhos Argentina e Paraguai! Então aqui vai a primeira dica, que recebi de uma moradora local: atravessem a fronteira para o Paraguai de ônibus, porque os turistas tornam-se alvos dos assaltantes na ponte, já que a grande maioria leva dinheiro para compras em Ciudad del Este! A passagem custa R$ 6,50 por pessoa e o ônibus passa pelas principais ruas de Foz do Iguaçu. Depois de atravessar a fronteira, é hora de descer do ônibus e se preparar para uma cidade muito turbulenta! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 🇺🇸 If you go to Foz do Iguaçu, don't miss out the chance of visting the neighbors Argentina and Paraguay! So here's the first tip I got from a local resident: cross the border to Paraguay by bus, because tourists become targets of the thieves on the bridge, as most of the visitors take cash for shopping in Ciudad del Este! The bus ticket costs R$ 6,50 per person and the bus travels through the main streets of Foz do Iguaçu. Once you cross the border, it's time to get off the bus and get ready for a very busy city! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ #AmandaSemFronteirasParaguai #paraguay #ciudaddeleste #brasileirosporai #momondobr #iatipelomundo #dicasdeviagem #travellingthroughtheworld #travelgram #viajar

A post shared by 🌍 Viagem | Viver em Portugal (@amandasemfronteiras) on

E, então, já começaste a pesquisar passagens para Foz do Iguaçu?

** Este post contém links para sites afiliados. Ao comprar serviços oferecidos por estes sites, tu não pagarás nenhuma taxa a mais, muitas vezes ganharás descontinhos e ainda estarás ajudando o projeto Amanda Sem Fronteiras a trazer mais e mais dicas pra ti! Este site parceiro não manipula a minha opinião sobre a experiência que relatei neste post ou sobre o serviço oferecido. Recomendo apenas o que uso e confio, para ajudar no planejamento e organização da tua viagem! **